Todos os anos milhares de romeiros são atraídos a Juazeiro do Norte, no sul do Ceará, em busca de obter curas físicas e espirituais. Motivados pelo mais conhecido milagre da beata Maria de Araújo, relatam que esta história aconteceu no dia 6 de março de 1889, sendo primeira sexta-feira da Quaresma, na ainda Igreja de Nossa Senhora das Dores, no pequeno povoado de Juazeiro.

Romaria Nossa Senhora das Dores

Romaria Nossa Senhora das Dores

Logo após incansável noite de orações oferecidas ao Santíssimo Sacramento, o Padre Cicero encerrou a vigília com a comunhão da Sagrada Eucarístia às pessoas que ali se encontravam em penitências. A beata tão logo ao receber a hóstia que seria o corpo de Cristo vive então o impactante milagre de ter a hóstia transformada em sangue na sua boca. Sendo assim depois do ocorrido milagre a festa de Nossa Senhora das Dores abre o ciclo das grandes romarias existentes em Juazeiro do Norte e para o romeiro nossa cidade é o centro do mundo. Lugar este que sendo sagrado sempre se deve visitar com muita fé e esperança no coração. Se possível todo ano, em respeito à terra do “Padim” e a “Mãe das Dores” tendo sempre que agradecer as graças alcançadas e para fazer novos pedidos. Esta é considerada a festa mais alegre do ano, e também a que se estende por mais dias, sendo esta a nossa segunda romaria. Os locais de maior aglomeração nestes dias que seguem a romaria são a Basílica de Nossa Senhora das Dores, Capela do Socorro e Horto. Tendo como referência a procissão e a despedida dos romeiros a partida leva a multidão as lágrimas pois já é existente em suas mentes que ao pegar a estrada a terra tão acolhedora ficará nas lembranças até seu retorno.

Venha para o Cariri, se hospede conosco e viva esse momento único de fé.