Museu do Couro aberto à visitação em Nova Olinda

O sonho do homem que ainda criança começara a trabalhar com couro tornou-se realidade e é um dos mais novos pontos turísticos da região do Cariri, aberto à visitação, local que preservará as peças e ferramentas da família de Espedito Seleiro e que estão expostas desde dezembro de 2014 quando se deu sua inauguração.

museu-do-couro-nova-olinda

Museu do couro em Nova Olinda tem mostra de Espedito Seleiro

A máquina que está exposta no museu do couro foi do pai de Espedito quando possuia oficina no sertão dos Inhamuns. O mesmo descreve com orgulho a utilização da máquina em sua vida. “Peguei a máquina que era do meu avô, trouxe para dentro da oficina e comecei a trabalhar. Se essa máquina falasse, ela contava a história mais certinha do que eu, que ela sabe do começo ao fim. Essa máquina costurou peças para Lampião, peças para vaqueiros, tropeiros, para ciganos”, diz Espedito.

O couro ganhou nova vida e foi se modernizando. E o caminho das boiadas faz parte da história do couro na vida de Espedito. Roupas, bolsas, chapéus e sapatos de aboiadores são vistos no museu. Peças essas ricas em detalhes e perfeição.

O sucesso no entanto não o deslumbra. O homem de vida simples e mestre em sua arte já foi bombardeado com várias propostas de abertura de fábrica mas o mesmo não quer abandonar a manufatura e muito menos Nova Olinda.

A cidade é sempre bem visitada e Espedito é endereço certo para quem quer comprar uma linda peça para presentear ou para sí próprio. O menino que ainda com 8 anos aprendeu a  fazer celas hoje encanta o Cariri, o Ceará e o mundo com maestria na arte que poucos sabem fazer.

O museu funciona de domingo a domingo das 7h as 17h e tem sua entrada franca.

Para maiores informações: (88) 3546.1432