São Sebastião foi um soldado romano que foi martirizado por professar e não renegar a fé em Cristo Jesus. Sua história é conhecida somente pelas atas romanas de sua condenação e martírio. Nessas atas de martírio de cristãos, os escribas escreviam dando poucos detalhes sobre o martirizado e muitos detalhes sobre as torturas e sofrimentos causados a eles antes de morrerem. Essas atas eram expostas ao público nas cidades com o fim de desestimular a adesão ao cristianismo.

Comemoração do dia de São Sebastião

Comemoração do dia de São Sebastião

Nascido na cidade de Narbona, na França, em 256 d.C. Seu nome de origem grega, Sebastós, significa divino, venerável. Ainda pequeno, sua família mudou-se para Milão, na Itália, onde ele cresceu e estudou. Sebastião optou por seguir a carreira militar de seu pai. Já no exército romano, chegou a ser Capitão da 1ª da guarda pretoriana. Por isso, São Sebastião é conhecido por ter servido a dois exércitos: o de Roma e o de Cristo. Sempre que conseguia uma oportunidade, visitava os cristãos presos, levava uma ajuda aos que estavam doentes e aos que precisavam.

Procissões e missas hoje marcam seu dia em todo o Brasil, principalmente no Rio de Janeiro e em algumas cidades do Ceará. No Ceará, São Sebastião é padroeiro das paróquias de Pedra Branca, Monsenhor Tabosa, Nova Olinda, Mangabeiras, Mulungu, Choró, Apuiarés e co-padroeiro de Aquiraz e também de Ipaumirim. Fiéis lotam igrejas em fervorosa oração durante todo o dia. O encerramento dos festejos, na maioria das paróquias e capelas, ocorre hoje, dia dedicado ao santo, com procissão, celebração de missa e bênção do Santíssimo Sacramento. Em algumas localidades, por tradição, a festa somente termina no domingo seguinte ao dia do santo, que neste ano será dia 22.

No Brasil diz a tradição que no dia da festa do padroeiro, em 1565 ocorreu a batalha final que expulsou os franceses que ocupavam o Rio de Janeiro, quando São Sebastião foi visto com sua espada lutando bravamente.

Ele é protetor da Humanidade, contra a fome, a peste e a guerra e é claro do cartão postal do Brasil a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.